Arquivo de Tag | praia

De última hora

Sabem quando você recebe um convite totalmente inesperado, mas ao mesmo tempo era tudo o que você queria? Foi o que aconteceu comigo ontem 8D haha

Meu pai ligou ontem (domingo), chamando pra ir pra praia (moro há mais de 500 km da praia!!). E, hoje (segunda), eu to indo! Totalmente sem noção, mas querem um jeito melhor de aproveitar a última semana de férias?

Então, vou ficar ausente essa semana e nem deu tempo de agendar nenhum post! Mas prometo que quando voltar, compenso vocês ;D

Beijos, beijos

Carpe diem!

Delicie-se com a moda praia.  Saboreie as mais deliciosas guloseimas. Desfrute o mar, o sol, os amigos e o sossego. Se desligue. E apenas, carpe diem.

 

É isso ai, a vida continua. Então, vou cumprir a minha palavra e falar por onde eu estava andando naqueles dias.

 

Para mim, férias de verão lembra praia (e nem precisa ser aquelas badaladas). Lugar perfeito para esquecer os problemas, superar a correria do ano e fazer do seu bem estar a sua prioridade. Além de, nós branquelas querermos desesperadamente pegar uma corzinha, o que é bem difícil, como a Bru já comentou.

Então, como de costume, fui à praia de Itapoá – SC com a minha família, amigos, amigos de parentes e assim vai. Alugamos um lugar que fica de frente para a praia, uma das partes mais calmas, um pouco longe do centro. Em um dos dias também fazemos um passeio para algum lugar diferente fora da cidade, mas isso eu conto em outra hora.

 

Itapoá está localizada no litoral norte de Santa Catarina bem pertinho do estado do Paraná. Suas praias são conhecidas por terem as águas mais quentes do sul do Brasil. Elas atraem muitas famílias, surfistas e amantes de esportes náuticos e pesca.

É um município novo em que pertencia a São Francisco do Sul até 1968, passou a ser Distrito do Município de Garuva em 1966 e transformou-se em Município em 1989. Consta no seu site que Itapoá é de origem indígena significando “pedra que surge”. Esta pedra localiza-se em frente ao Camping no Balneário Itapoá a 300 metros da praia e faz um surgimento seguindo o encantamento das marés em que quando alta fica submersa e quando baixa, fica a vista para contemplação. Diz a história que os índios Carijós foram os primeiros habitantes dessa terra e admiravam esse acontecimento sempre a espera do ressurgimento  da pedra. A marca de sua existência ficou registrada através dos Sambaquis (acúmulos de conchas, restos de cozinha e esqueletos) encontrados por todo o município.

Barra do Saí – Itapoá – SC

 

Porto Itapoá

A infraestrutura está em fase de crescimento, deste modo, o porto de Itapoá surgiu recentemente como o mais novo empreendimento do setor portuário do Sul do Brasil. Esse terminal é um dos primeiros construídos pela iniciativa privada, iniciando operação em 2011.

Aaaah…como é bom um descanso e aproveitar a vida, seja onde for. Então, carpe diem, minha gente!

Verão, sol, praia e Floripa #3

Voltando com a última parte da saga Floripa! (As fotos estão no mesmo esquema, clica e aumenta).

PROJETO TAMAR – PRÓX. À PRAIA DA BARRA

Tartaruga do Projeto Tamar

Alimentando as tartarugas

 

Acho que todos conhecem o Projeto Tamar, que tem por objetivo proteger as tartarugas. Lá tem várias tartarugas, fotos, uma espécie de mini-museu com cascos, esqueletos etc. Tem várias atividades ao longo do dia, e de manhã tem a alimentação interativa (eu dei uma lulinha pra tartaruga 8D). Além da lojinha no final, achei meio caro as coisas, mas é tudo muito bonito. Gostei de ter ido lá e é passeio rápido, de uma hora no máximo, vale a pena sim ;D

Obs: No post anterior, a Ana Carolina comentou que ela foi pra lá e adotou uma tartaruga! Não sabia que dava pra adotar, mas quem quiser, é só se informar lá que eles devem explicar certinho.

FORTE DE SÃO JOSÉ DE PONTA GROSSA – PRÓX. À PRAIA DO FORTE

Forte de São José de Ponta Grossa

Vista do Forte

 

Como o barco que ia pro forte de Anhatomirim quebrou, fomos ver esse outro, mas não menos merecedor da visita (falei bonito, né?). Como eu adoro história, coisas históricas etc, adorei esse forte, tem muita coisa preservada, mas infelizmente não tudo. Tem aquelas plaquinhas de explicação, então você sabe o que é e pra que serve cada parte do forte. Além da vista ma-ra-vi-lho-sa da praia.

RETIRO DOS JESUÍTAS

Retiro dos jesuítas

Vista do retiro

 

Infelizmente eu não lembro exatamente onde fica. Mas vamos ignorar esse pequeno detalhe e continuar 8D. Não entrei, porque nós já estávamos indo embora pra Curitiba, mas pode. A vista pra praia também é linda de viver.

CENTRO HISTÓRICO

Mercado Municipal

Museu Histórico

 

O passeio pra ver todo o centro histórico, acredito que seja de uma tarde inteira. Mas como estávamos com pressa, vimos o mercado municipal e o museu histórico. No mercado, tem muitas lojinhas, um dos corredores é só de sapato, só que não deu tempo de ficar analisando preços e marcas, mas só de passada deu pra ver que tinha Moleca e Picadily. O museu é o antigo palácio do governo, ele tá passando pela restauração, por isso nem todos os cômodos estavam abertos, mas tem bastante coisa pra ver, mobília, decoração e até uma exposição de arte. Adorei dar uma olhada (já falei que gosto de coisas históricas? Haha).

Bom gente, esses foram os lugares que vi, mas tem as trilhas, ecoturismo e passeios mais radicais que vão ficar para uma próxima.

Espero que tenham gostado! =D Na próxima, mostro minhas novas aquisições esmaltísticas ;D

Bjos pra vocês!

Verão, sol, praia e Floripa!

(As fotos aumentam, é só clicar ;D)

Estou de volta! Depois de ter deixado o blog nas mãos da Mari por uma semana, estou em casa Curitiba. Ah, como passar uma semana na praia é maravilhoso, esquecer por alguns dias que os problemas existem e só ficar olhando o mar. Mas, temos que voltar pra cidade infelizmente.

Dunas

Passei uma semana em Florianópolis, no sul da ilha, na praia Morro das Pedras. Gente, tem muitaaa coisa pra fazer nessa ilha! São praias lindas de viver, muitos passeios, barcos, trilhas, lugares pra ver e ufa! É tanta coisa que não deu tempo de ver tudo, ainda quero voltar lá pra terminar de ver. Além das coisas no litoral, tem o centro da cidade, com construções históricas, museus, praças e shoppings.

Museu Histórico

Fui com o meu pai e a minha irmã, sem nenhuma agência de turismo, talvez seja por isso não vimos muita coisa, mas foi bem tranqüilo, porque nós mesmos fazíamos a programação, não precisava acordar 7h da manhã (como na última viagem), nem nada estressante.

Foi uma verdadeira saga pra achar os lugares, porque, infelizmente, como nem tudo é perfeito, a cidade tem poucas placas e sinalizações, então chegava em uma bifurcação a gente não sabia pra onde ir, demos muitaaas voltas à toa, mas isso acabou gerando boas risadas até. Toda vez que nos perdíamos, alguém tinha que falar “estamos passeando mesmo, vamos conhecer a cidade!” haha #fail.

Grafites

Mas, praia é praia, viagem é viagem, deu pra relaxar bastante, pegar a cor da paixão (vermelho), porque a do pecado (bronzeado) não pego nunca, branquinhos sabem como é, né? Mas tudo bem, tudo bem, eu supero!

Em um próximo post, eu mostro os lugares que eu fui e que valem a pena e os que não fui, mas queria ter ido.

Beijos pra vocês!

Eu! haha =)

Obs: Hoje batemos um verdadeiro recorde de visualizações em um dia! *-* Obrigada gente! Sabia que vocês gostavam de uma boa imagem (post anterior) haha