Arquivo por Autor | May

Dica musical

Acordei hoje com uma música na cabeça. Uma que eu tenho ouvido até demais nos últimos dias e que tem tudo a ver com essas manhãs que – como a minha – são bem preguiçosas.

Oren Lavie, além de extremamente charmoso, é músico, compositor e diretor de teatro. E de um artista multifacetado assim, só podia nascer um conjunto de música e vídeo lindo como é o caso de “Her Morning Elegance”. Dá pra amar, hein.

Aproveitando o momento, se você curtiu a vibe da música, vale a pena conferir mais músicas do artista. O álbum “The Opposite Side of the Sea” é muito bom. Ouço e recomendo!

Amor pela bandeira

Ah, vocês já sabem que eu tenho eterna alma de gordinha, né? E se tem algo que eu acho genial é arte feita com comida.

A campanha Food Flags foi criada em 2009 para promover o Sydney International Food Festival e o objetivo era reproduzir emblemas nacionais usando como material comidas típicas de cada país. Super interessante! Dá até vontade de se inspirar na cozinha e preparar um jantar das nações. #Ficadica

Austrália

Brasil

França

Grécia

Índia

Itália

Japão

Líbano

Espanha

Suíça

Vietnã

Agência de Publicidade: WHYBIN/TBWA, Sydney, Australia 

 

Baladinha!

E hoje vai rolar a festa Girls on Top no bar Valentino em Londrina!

Pra quem gosta de discotecagem, balada e de música, fica o convite. E eu vou discotecar, então já garanto a música BOA! Isso sem contar que a Karen e a Bruna também são ótimas, a festa é incrível e ainda tem apoio do Joe no Arms.

Londrinenses, a gente se vê lá!

Para se inspirar… No Rock

Já faz tempo que o rock perdeu aquela fama de largado. As meninas – e meninos também! – que curtem um visual mais rock são muitas vezes super antenados no que está rolando no mundo da moda e fazem o que eu acho que é a grande proposta da indústria da moda: adaptar as tendências para o seu próprio estilo!

Aqui tem alguns looks que eu achei no lookbook.nu de meninas que usaram outfits bem descolados sem perder a individualidade:

AMEI a tattoo!

E um pouco de música para inspirar a escolha do visual:

So put another dime in the jukebox, baby!

Para ter calafrios – “Carrie”

Tirei as férias de julho pra acabar com a sensação de falta de leitura que estava nesse semestre. Já faz um tempo – muito, por sinal -, que me perguntam direto se eu curto Stephen King, mas a verdade é que eu nunca tinha lido algo dele. Como eu já estava com muita vontade de ler, principalmente depois de ter assistido “O Iluminado”, com direção do Kubrick e baseado no livro dele,  foi fácil escolher um livro dele pra ler nas férias.

Li “Carrie, a estranha”. Eu confesso que não achei que fosse ser tão interessante, mas o livro é incrível! Li inteiro em dois dias e fiquei muito revoltada quando terminei, porque queria mais.

O livro conta a história de Carrie White, uma garota criada pela mãe em um ambiente de fanatismo religioso. Privada de muitas coisas e sendo motivo de piadas na escola, Carrie vive uma vida solitária demais para uma adolescente, até que é convidada para o baile.

A narrativa do livro segue um estilo que eu nunca tinha visto antes, e que talvez seja o que tanto me encantou. Stephen King escreve de uma maneira bem simples e de fácil leitura, sem deixar de lado a descrição das cenas. Logo no começo da história, o leitor já descobre que algo aconteceu durante o baile de formatura de um colégio americano e, no meio da narrativa, são citados trechos de livros fictícios escritos por personagens da trama, assim como trechos de inquéritos policiais sobre o ocorrido.

Pra quem gosta de terror e ambientes mais mórbidos – que talvez sejam a minha grande paixão no que diz respeito a literatura -, o livro é uma escolha incrível de leitura que vai te deixar com vontade de ler de uma vez só. Recomendo e muito!

E se você prefere uma coisa mais visual do que leitura, existe o filme “Carrie”, de 1976 e com direção de Brian De Palma, baseado no romance.

Eu não gostei tanto do filme. Talvez, porque tenha gostado demais do livro e achado que a adaptação para cinema pecou em algumas cenas, mas ainda assim vale a pena assistir, ainda mais com a linda da Sissy Spacek interpretando o papel principal e a participação (fraca, ok, mas válida também) de John Travolta, em um de seus primeiros papéis no cinema (ainda antes da participação histórica como Danny Zuko em Grease).

Sissy Spacek como "Carrie White"

John Travolta como "Billy Nolan"

Separei o trailer para vocês darem uma olhadinha:

Espero que gostem da dica, meninas! “Carrie”, tanto em livro quanto em filme, é uma ótima escolha para o frio que está fazendo neste inverno. Filme de terror numa noite fria é o que há!

Globos decorados

Eu sempre adorei globos. Não sei explicar de onde veio essa paixão, mas ela começou quando eu era bem pequena. Eu sempre ia ao shopping lá da minha cidade e ficava olhando os vários globos da vitrine de uma loja e ficava encantada. Aliás, tenho até um abajur em forma de globo no quarto que eu amo e que foi presente da melhor amiga.

Mas, isso tudo é só pra dar uma introduçãozinha no post de hoje. Agora, vocês podem imaginar a minha cara quando me deparei com os globos decorados pela designer americana Wendy Gold.

A Wendy é dona do site ImageNations e seu projeto atual é totalmente dedicado a transformar globos antigos em itens de decoração super criativos. Tem váááários modelos, um mais lindo que o outro.

Quem quiser ver mais, pode dar uma olhadinha no ImageNations.

Musas & Inspirações

Que tal começar o FDS ouvindo música? Excelente, não? Separei aqui pra vocês 4 das minhas artistas favoritas no que diz respeito a música. Elas sempre me inspiram quando eu resolvo escrever algo ou bolar um look que seja bem a minha cara. Todos sabem que um ótimo jeito de conhecer mais sobre alguém é saber de quais tipos de música essa pessoa gosta. Música está diretamente ligada à personalidade de cada um, não é verdade?

Veja a letra traduzida aqui.

Veja a letra traduzida aqui.

Veja a letra traduzida aqui.

Veja a letra traduzida aqui.

Que música inspira vocês?